Parimatch com odds para o UFC 259: Blachowicz vs Adesanya

felippe
5. março 2021

Apesar de estarmos apenas em março, dificilmente o UFC terá um evento em 2021 com tantos atrativos quanto o UFC 259. Afinal, o evento que acontece na noite deste sábado (6), terá nada menos que três disputas de cinturões: Jan Blachowicz x Israel Adesanya, Amanda Nunes x Megan Anderson e Petr Yan x Aljamain Sterlin. Além de Amanda, o evento possui outros quatro atletas brasileiros estão escalados para subirem no octógono: Thiago Marreta, Rogério Bontorin, Livinha Souza e Amanda Lemos. E para um evento com tamanha expectativa, uma excelente opção para você lucrar é apostar na Parimatch, que está com odds para todas as lutas e você pode ainda receber o bônus parimatch primeiro depósito.

Promoção de Boas-vindas do Parimatch com 100% de bônus até R$ 1000

Bônus de até R$ 1 mil para novos apostadores

Se você ainda não é cliente da casa, não perca mais tempo, faça seu cadastro agora e receba seu bônus Parimatch, para você aproveitar a promoção de primeiro depósito que é oferecido pela casa, que dá 100% de bônus sobre o valor que você depositar, até o limite de R$ 1 mil. Ao se tornar um cliente da casa, você poderá aproveitar essa e muitas outras promos que a Parimatch oferece e também poderá aproveitar o app parimatch.

Disputas de cinturões

Com três disputas de título liderando o super card do UFC 259, que acontece neste sábado (6), no UFC Apex, em Las Vegas, as expectativas para o evento estão enormes. Pela sequência que as lutas ocorrerão, pelo peso-galo, o russo e atual campeão Petr Yan, tenta sua primeira defesa de cinturão contra o norte-americano Aljamain Sterling. Na sequência, na co-luta principal, a disputa é pelo peso-pena feminino, quando a brasileira Amanda Nunes enfrenta a australiana Megan Anderson. Já na luta principal, Jan Blachowicz coloca o cinturão dos meio-pesados em jogo contra o campeão dos médios, Israel Adesanya.

Jan Blachowicz (2.75) x Israel Adesanya (1.40)

Primeiro campeão dos meio-pesados do UFC após a subida de categoria de Jon Jones, o polonês Jan Blachowicz tentará fazer sua primeira defesa de cinturão em uma superluta contra o também campeão, mas do peso médio, Israel Adesanya. Maior desafio da sua carreira até o momento, o duelo tem tudo para ser equilibrado, já que Blachowicz tem a vantagem de estar acostumado na divisão, porém, Adesanya é maior e mais ágil.

Amanda Nunes (1.08) x Megan Anderson (6.60)

A brasileira já realizou cinco defesas do título peso-galo no currículo, e agora tenta defender o cinturão do peso-pena pela 2ª vez em duelo com a australiana Megan Anderson. A brasileira está invicta há 11 combates no Octógono, porém, pela frente ela terá Megan que chega para a disputa após vencer seus dois últimos compromissos, finalizando Zarah Fairn e nocauteando Norma Dumont. A australiana possui uma envergadura maior e por isso, é uma adversária com característas diferentes de tudo que Amanda já enfrentou, porém, não dá para tirar o favoritismo da brasileira.

Petr Yan (1.81) x Aljamain Sterling (1.90)

Já a primeira disputa de cinturão da noite terá a primeira defesa do cinturão do russo Petr Yan, campeão peso-galo, contra o jamaicano Aljamain Sterling. A luta entre Yan e Sterling chegou a ser casada para o UFC 256, em dezembro passado, mas questões pessoais impediram o russo de viajar aos Estados Unidos para lutar. Petr Yan conta 15 vitórias, sete delas por nocaute, e apenas uma derrota em seu cartel, enquanto o desafiante Aljamain Sterling tem 19 vitórias, oito delas por finalização, e três derrotas na carreira, e vem de vitórias consecutivas.

Brasileiros no octógono

Após perder por decisão dividida para Jon Jones em luta pelo título dos meio-pesados em 2019, Marreta passou por longo período de reabilitação das sérias lesões sofridas em ambos os joelhos, voltando à ação no último mês de novembro, quando foi finalizado por Glover Teixeira. Apesar dos reveses, o brasileiro segue com a 2ª colocação no ranking da categoria, e pode se colocar novamente na rota do título caso supere o austríaco Aleksandar Rakic, 4º na divisão, que soma cinco vitórias em seus lutas no Octógono, sendo a mais recente por decisão sobre Anthony Smith.

Outro brasileiro, Rogério Bontorin vem de su primeira derrota no Octógono em fevereiro de 2020, quando perdeu por decisão para Ray Borg. Por isso, o paranaense Rogério Bontorin vai em busca de reabilitação no confronto com o neozelandês Kai Kara France, que divide com ele a 8ª posição no ranking dos moscas atualmente. Por fim, as brasileiras Lívia Souza e Amanda Lemos se enfrentam no card preliminar. Após vencer Ashley Yoder por decisão dos jurados em seu único combate em 2020, a ex-campeã peso-palha do Invicta Livinha Souza tenta emplacar o segundo triunfo seguido na divisão em duelo brasileiro com a paraense Amanda Lemos, que vem para o confronto em busca de um lugar no Top 15 e embalada por duas vitórias consecutivas.

Veja as odds de todas as lutas do UFC 259: Blachowicz vs Adesanya

Card principal | a partir de 0h (de Brasília)
Jan Blachowicz (2.75) x Israel Adesanya (1.40)
Amanda Nunes (1.08) x Megan Anderson (6.60)
Petr Yan (1.81) x Aljamain Sterling (1.90)
Islam Makhachev (1.23) x Drew Dober (3.75)
Thiago Marreta (2.28) x Aleksandar Rakic (1.56)

Card preliminar | a partir de 19h30 (de Brasília)
Dominick Cruz (2.07) x Casey Kenney (1.68)
Song Yadong (1.57) x Kyler Phillips (2.25)
Joseph Benavidez (1.97) x Askar Askarov (1.75)
Rogério Bontorin (2.08) x Kai Kara-France (1.67)
Tim Elliott (1.92) x Jordan Espinosa (1.79)
Kennedy Nzechukwu (2.85) X Carlos Ulberg (1.37)
Sean Brady (1.43) x Jake Matthews (2.65)
Livinha Souza (2.80) x Amanda Lemos (1.39)
Uros Medic (1.55) x Aalon Cruz (2.29)
Mario Bautista (1.40) X Trevin Jones (2.75)

Conheça um pouco a Parimatch

Como a Parimatch é uma casa nova para a maioria dos apostadores, para você ficar tranquilo em apostar através dela, leia nosso review parimatch para conhecer um pouco mais sobre essa casa. Clique abaixo e cadastre-se.