Antecipe suas apostas para as finais Copa América e Eurocopa na Campobet

felippe
8. julho 2021

Após praticamente um mês das duas principais competições continentais do futebol mundial, está na hora de conhecer quais países serão os ‘donos’ de seus respectivos continentes. Brasil x Argentina duelam para definir o campeão da Copa América, enquanto Itália x Inglaterra se enfrentam na decisão da Eurocopa. E apesar dos dois jogos acontecerem no fim de semana, você já pode colocar suas apostas na Campobet online.

Odds Campobet finais da Copa América: Brasil x Argentina e da Eurocopa: Itália x Inglaterra

Cadastre-se na Campobet e receba até R$ 650 em bônus

Apesar de ser uma casa nova no mercado brasileiro, a casa oferece o Campobet bônus, que é o bônus de boas-vindas, onde os novos apostadores recebem 100% do valor de seu primeiro depósito, em bônus, até o limite de R$ 650.

Curiosamente, apesar de a Eurocopa ter tido durante toda a competição uma expectativa maior, na final, essa situação se inverte, afinal, na América do Sul, a grande final terá simplesmente o maior clássico do futebol mundial, Brasil x Argentina, que definirá o grande campeão da Copa América. Enquanto na Europa, até acontecerá outro clássico tradicional da bola redonda, entre Itália e Inglaterra, que definirá o novo campeão da Eurocopa.

Em termos de rivalidade histórica e peso no futebol mundial, Brasil x Argentina pode ser medido em toneladas. São sete títulos mundiais em campo contra cinco da final europeia. E você pode apostar nas duas competições sem sair do lugar, basta fazer o download do campobet apk, em seu smartphone. Com ele, você poderá controlar tudo na palma de sua mão.

Copa América

21:00 – Colômbia (1.91) vs Peru (4.40)

Apesar do foco estar completamente na grande final, a Copa América ainda terá a disputa de terceiro lugar entre Colômbia e Peru, que se enfrentarão na sexta-feira (9) à noite. E os colombianos são os favoritos para o duelo, mesmo tendo perdido o jogo entre as duas seleções, na fase de grupos, por 2 a 1. Como cresceram ao longo da competição, o time de Mina e Cuadrado é uma boa escolha, mas nossa dica é para você apostar que ambos os times marquem.

21:00 – Argentina (3.70) vs Brasil (2.19)

Maior clássico do futebol mundial, Brasil e Argentina se enfrentam, na noite de sábado (10), valendo o título. E as duas seleções tiveram uma campanha similar até chegar a essa grande final. Líderes de seus grupos com 10 pontos, ambas as seleções acumularam três vitórias e um empate, a diferença ficou em relação a gols. O Brasil marcou 10 tentos e sofreu dois, tendo o saldo de oito gols. Já a Argentina também sofreu apenas dois gols na primeira fase, mas marcou sete, tendo o saldo de cinco.

Apesar de estarem na final, as duas campanhas começam a se diferenciar no mata-mata, quando o Brasil passou por Chile, nas quartas de final, e Peru, na semifinal, em ambos os jogos com vitória, por 1 a 0, no tempo normal. Enquanto a Argentina goleou o Equador, nas quartas, por 3 a 0, e suou, na semi, contra a Colômbia, quando só passou na decisão de pênaltis, após empatar por 1 a 1 no tempo normal.

Duelo de craques

E falar de Brasil x Argentina atualmente é quase a mesma coisa de falar do confronto entre Neymar x Messi. Ex-companheiros de Barcelona, os dois craques irão se enfrentar pela primeira vez em uma decisão com suas seleções, o que eleva ainda mais a expectativa pela partida. Por clubes, a única vez que isso aconteceu foi no Mundial de clubes da Fifa, em 2011, quando o Barcelona derrotou o Santos por 4 a 0. E aí, quem leva a melhor dessa vez?

Histórico

Finalistas da Copa América 2021, Brasil e Argentina irão se enfrentar no Maracanã depois de 23 anos. Curiosamente, a seleção argentina foi a última a derrotar a seleção brasileira no estádio. Em 1998, em um amistoso realizado antes da Copa do Mundo da França, a Argentina venceu por 1 x 0, com gol do atacante Claudio López.

Apesar de o favoritismo ser do Brasil, graças ao retrospecto recente entre as duas seleções, considerando apenas encontros na história da Copa América, são os argentinos estão em vantagem, com 16 vitórias, seis empates e dez derrotas em 32 jogos. Já no histórico geral do confronto, disputado desde 1914, o Brasil acumula 41 vitórias, 38 derrotas e 26 empates em um total de 105 partidas.

Eurocopa

16:00 – Itália (2.95) vs Inglaterra (2.65)

Já no Velho Continente, a grande final da Eurocopa acontece no domingo (11), com outro grade clássico do futebol mundial, entre Itália e Inglaterra. As duas seleções que já foram campeãs mundiais, mas neste quesito os italianos passeiam sobre os ingleses, com quatro títulos de Copa do Mundo, contra apenas um da Inglaterra.

Quando o assunto são conquistas de Eurocopa, a disputa fica mais equilibrada, mas não de forma positiva. Das duas seleções, apenas a Itália levantou o título europeu, mas apenas uma vez, em 1968. Além disso, os italianos foram vice-campeões em outras duas oportunidades, em 2000 e 2012, enquanto os Ingleses disputarão sua primeira final de Euro, tendo como seus melhores resultados dois terceiros lugares, em 1968 e 1996.

O histórico do confronto também é de extremo equilíbrio. Até hoje Itália e Inglaterra se enfrentaram 27 vezes, com 10 vitórias da Itália, 8 da Inglaterra, e 9 empates. No retrospecto mais recente, os dois últimos jogos entre os países terminou com empate por 1 a 1, em 2018 e 2015.

Campanhas similares

Falando da atual competição, Itália e Inglaterra chegam à decisão com igualdade de condições e são as duas seleções que jogaram o melhor futebol do torneio, tanto que suas respectivas campanhas reforçam isso. Na fase de grupos, a Itália se classificou com três vitórias, enquanto a Inglaterra venceu dois jogos e empatou um.

Já no mata-mata, os italianos venceram a Áustria, por 2 a 1, nas oitavas de final, a Bélgica, também por 2 a 1, nas quartas, e a Espanha, nos pênaltis, após empatar por 1 a 1, no tempo normal. Já os ingleses derrotaram a Alemanha, por 2 a 0, nas oitavas, golearam a Ucrânia, por 4 a 0, nas quartas, e suaram para vencer a Dinamarca, por 2 a 1, apenas na prorrogação.

Além do confronto entre as duas seleções perderem para o clássico sul-americano, ainda tem o fato de que dentro de campo os destaques individuais também são inferiores: a reformulada Itália ainda não tem craques indiscutíveis e pela Inglaterra, Sterling e Harry Kane até são estrelas, mas nada que se compare ao pé esquerdo de Messi, ou ao direito de Neymar.

Para mais dicas e acompanhe sempre o  casas de apostas esportivas.